Seis palestinos morrerem em ataques israelenses em Gaza

Dezesseis soldados israelenses ficaram feridos quando os milicianos explodiram dois veículos

EFE,

20 de abril de 2008 | 04h59

Seis palestinos morreram neste domingo, 20, na Faixa de Gaza em uma série de ataques aéreos israelenses, depois dos atentados perpetrados no sábado por milicianos palestinos fundamentalistas contra um posto fronteiriço. Quatro dos mortos eram milicianos do movimento islamita Hamas e circulavam neste sábado à noite pelo campo de refugiados de Jabalya, no norte da Faixa de Gaza, quando um avião militar israelense lhes disparou um foguete, informaram testemunhas. O Exército israelense confirmou o ataque e um porta-voz declarou que os quatro palestinos se dirigiam a lançar foguetes Qassam contra território israelense. Pouco depois desse ataque, a Força Aérea de Israel disparou outro foguete na mesma zona contra outro grupo de milicianos, matando um deles, também do Hamas, e ferindo outros dois, informaram fontes médicas locais. Antes do amanhecer, outro miliciano morreu e duas pessoas ficaram feridas em um novo bombardeio israelense esta vez cerca de Gaza capital. A ofensiva israelense acontece após o ataque do sábado por parte de milicianos palestinos islamitas contra a passagem de Kerem Shalom, na tripla fronteira formada por Gaza, Egito e Israel. Dezesseis soldados israelenses ficaram feridos quando os milicianos explodiram dois veículos carregados com explosivos na passagem fronteiriça.

Tudo o que sabemos sobre:
GAZA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.