Seis pessoas morrem em ataques e batidas policiais no Iraque

Soldados encontram armas e munição; tropas realizam batidas de segurança contra Al-Qaeda

Efe,

03 de maio de 2008 | 04h36

Seis pessoas morreram e outras sete ficaram feridas no fim da noite desta sexta-feira, 2, em ataques e batidas de segurança contra a rede terrorista Al-Qaeda em Bagdá e no norte do Iraque, informaram fontes de segurança e o comando americano. As tropas da coalizão multinacional, liderada pelos EUA, mataram quatro supostos terroristas em operações contra redutos da Al-Qaeda nos arredores de Mossul, capital da província de Ninawa, no norte do Iraque, segundo um comunicado. Após o enfrentamento, os soldados encontraram armas e munição no veículo dos terroristas, indicou o comunicado, que informou ainda que outro terrorista foi morto pela coalizão depois de não obedecer à ordem de parar o carro que dirigia. Além disso, pelo menos duas pessoas morreram sexta-feira à noite e outras sete ficaram feridas em um ataque com morteiros nas proximidades da "zona verde", onde se encontra a sede do Governo iraquiano, informaram porta-vozes policiais. A violência persiste no Iraque, apesar das amplas e contínuas campanhas de segurança, que reúnem dezenas de milhares de soldados e policiais iraquianos, respaldadas pelas tropas da coalizão.

Tudo o que sabemos sobre:
IraqueataquesAl-Qaeda

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.