Seis pessoas são mortas em conflitos em Trípoli, no Líbano

Seis pessoas morreram em Trípoli, no norte do Líbano, neste sábado, atingidas por trocas de tiros entre bairros que apoiam lados rivais na guerra civil da Síria, afirmaram fontes de segurança e da área médica.

Reuters

30 de novembro de 2013 | 18h26

Os mortos --incluindo um adolescente, um palestino e um sírio-- ocorreram no distrito muçulmano sunita de Bab al-Tabbaneh, cujos moradores apoiam em grande maioria os rebeldes sunitas que combatem o presidente sírio Bashar al-Assad.

Trinta e sete pessoas, incluindo nove soldados, ficaram feridas no tiroteio entre homens armados de Bab al-Tabbaneh e o bairro alauíta vizinho de Jebel Mohnsen, que apoia o líder alauíta sírio.

Os ataques deste sábado se seguiram a repetidas investidas contra alauítas em Trípoli, de acordo com moradores. Várias pessoas foram mortas em incidentes separados nesta semana, e homens alauítas foram espancados em um ataque a um ônibus no início de novembro.

(Por Nazih Siddiq)

Tudo o que sabemos sobre:
LIBANOTRIPOLIMORTOS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.