Seis policiais e três soldados da Otan morrem no Afeganistão

Ataques dos taleban já mataram 30 soldados da Otan só nesta semana

estadão.com.br

12 de junho de 2010 | 18h07

CABUL - Insurgentes taleban mataram seis policiais afegãos neste sábado, 12, em dois ataques separados em seu território em Kandahar (no sul do Afeganistão), e três soldados da Otan morreram devido a explosões de bombas, indicaram responsáveis à AFP.

 

Um veículo da polícia afegã explodiu ao passar sobre uma mina caseira no distrito de Khakrez, matando três policiais no momento. Outros dois agentes que ficaram feridos faleceram mais tarde, declarou o chefe da polícia de Kandahar, o general Sardar Mohammad Zazai.

 

Em outro ataque, rebeldes que se deslocavam em uma motocicleta mataram a tiros um policial na cidade de Kandahar e fugiram, indicou o subchefe da polícia provincial, Mohamad Sha.

 

Por outro lado, um soldado polonês morreu após uma explosão de uma mina caseira no leste do país, anunciou a Otan, que pela noite informou que outro militar morreu devido a uma bomba improvisada, esta na região sul.

Outro soldado estrangeiro morreu vítima de uma mina caseira na província de Kunduz, no norte do Afeganistão, segundo o governador provincial. Os ataques dos taleban aumentaram neste ano no Afeganistão, especialmente em Kandahar, totalizando 260 vítimas fatais entre as forças da Otan, das quais 30 aconteceram na última semana.

 

Os insurgentes islamistas foram acusados dos assassinatos de vários partidários do governo e de pessoas que trabalham para a administração do presidente Hamid Karzai, apoiada pelos Estados Unidos e vários países ocidentais.

Tudo o que sabemos sobre:
AfeganistãotalebanatentadosOtan

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.