Sequestrados no Afeganistão 18 técnicos que removem minas

Um homem armado sequestrou 18 sapadores afegãos nesta quinta-feira na província de Khost, localizada no sudeste do país, disse um chefe da polícia local, no segundo sequestro desse tipo apenas neste mês.

REUTERS

09 de dezembro de 2010 | 11h47

O grupo do Centro de Detecção de Minas, sediado em Cabul, estava viajando no distrito de Musa Khel quando foi barrado por homens armados, disse Abdul Hakim Ishaqzai.

"Eles (os sapadores) foram para a região depois de um pedido dos habitantes mais velhos para que as minas fossem retiradas de seus vilarejos", disse Ishaqzai à Reuters.

Ele não deu mais detalhes sobre os sequestros.

A província fica próximo à fronteira com o Paquistão, onde insurgentes do Taliban estão atuando, mas um porta-voz do Taliban disse não ter conhecimento do incidente.

No mês passado, um atirador não-identificado sequestrou outra equipe de sapadores de outra agência em Nagarhar, no leste do país. Eles foram libertados depois, ilesos.

O sequestro se tornou um negócio lucrativo para os militantes e os grupos criminosos nos últimos anos no Afeganistão, onde a violência atingiu os mais altos níveis desde a derrubada do governo Taliban em 2001.

(Reportagem de Elyas Wahdat)

Tudo o que sabemos sobre:
AFEGANISTAOSEQUESTRO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.