Amr Abdallah Dalsh/Reuters
Amr Abdallah Dalsh/Reuters

Síria condena pedido da Turquia por mísseis de defesa da Otan

Governo turco pediu armamento para proteger sua fronteira de ataques do governo de Bashar Assad

Reuters

23 de novembro de 2012 | 13h16

BEIRUTE - A Síria condenou o pedido da Turquia para a Otan implantar mísseis de defesa Patriot perto da fronteira, em sua primeira resposta à ação de Ancara no início desta semana. "A Síria salienta a sua condenação ao mais recente passo provocativo do governo turco", afirmou uma fonte do Ministério de Relações Exteriores da Síria, segundo a estatal Siria TV nesta sexta-feira, 23.

O sistema Patriot é projetado para interceptar aeronaves ou mísseis hostis. A Turquia fez formalmente o pedido depois de semanas de negociações com seus aliados da Otan sobre como reforçar a fronteira de 900 quilômetros, onde teme que a segurança pode se deteriorar enquanto os militares sírios enfrentam rebeldes.

"Não há nenhuma razão para pânico porque a Síria respeita a soberania e a santidade do território turco e os interesses do povo turco", disse a Siria TV citando a fonte.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.