Síria diz que não usaria arma química contra próprio povo

A Síria não usaria armas químicas, se as tivesse, contra seu próprio povo, disse o Ministério das Relações Exteriores em comunicado lido na emissora estatal de TV nesta segunda-feira.

Reuters

03 de dezembro de 2012 | 11h07

"Em resposta às declarações da secretária norte-americana de Estado, que alertou a Síria contra o uso de armas químicas, a Síria reforçou repetidamente que não vai usar esse tipo de armas, se elas estivessem disponíveis, contra seu povo sob qualquer circunstância", disse o comunicado.

(Reportagem de Erika Solomon)

Mais conteúdo sobre:
SIRIAARMAQUIMICA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.