Sírios protestam novamente contra Assad e confrontos continuam

Dezenas de milhares de manifestantes tomaram as ruas ao redor da Síria nesta sexta-feira exigindo a saída do presidente, Bashar al-Assad, enquanto confrontos continuavam entre forças leais ao líder e insurgentes no centro do país, disseram ativistas.

REUTERS

30 Setembro 2011 | 11h18

Imagens feitas por moradores mostravam multidões gritando "Síria quer liberdade" na vizinhança Khalidiya, em Homs. Ativistas relataram ataques a bloqueios de estrada feitos pelo Exército na cidade próxima de Talbiseh e confrontos contínuos entre desertores e tropas leais a Assad na cidade de Rastan, mais ao norte.

(Reportagem de Khaled Yacoub Oweis)

Mais conteúdo sobre:
SIRIA MAISPROTESTOS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.