Soldado americano morre e outro fica ferido no Iraque

Foram 3.975 soldados americanos mortos no Iraque desde a invasão do país, em março de 2003

EFE,

08 de março de 2008 | 05h52

Um soldado americano morreu e outro ficou ferido na explosão de uma bomba na passagem de uma patrulha na província de Diyala, ao nordeste de Bagdá, informou neste sábado, em comunicado o Exército americano. O atentado ocorreu nesta sexta-feira em uma área onde as forças da coalizão multinacional, lideradas pelos EUA, participavam de uma operação militar. O nome do militar morto deve ser informado pelo Exército somente após a família da vítima ser comunicada, uma prática comum nesses casos. Diyala, junto às vizinhas províncias de Salah ad-Din e Ninawa, é um dos principais redutos no Iraque da rede terrorista Al Qaeda. Com esta última baixa, sobe para 3.975 o número de soldados americanos mortos no Iraque desde a invasão do país, em março de 2003.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.