Soldado israelense morre durante operação na Cisjordânia

Palestinos enfrentaram os militares israelenses ao norte de Ramallah e sargento foi atingido por um tiro

Efe,

07 de maio de 2009 | 05h25

Um soldado do Exército israelense morreu na noite desta quarta-feira durante uma operação militar na localidade de Bir Zeit, na Cisjordânia ocupada, informaram nesta quinta-feira, 7, fontes militares.

 

O incidente aconteceu durante uma "operação rotineira" em Bir Zeit, ao norte de Ramallah, quando vários palestinos enfrentaram os soldados israelenses, disse à Agência Efe um porta-voz militar.

 

"No enfrentamento, uma bala atingiu o sargento Noam Adin Rechter", de 20 anos, pertencente a uma unidade de reconhecimento da divisão de infantaria Kfir, acrescentou o porta-voz.

 

O Exército israelense abriu uma investigação para esclarecer as circunstâncias da morte e deteve a vários palestinos suspeitos da autoria do disparado, mas não descartou que a morte tenha acontecido por fogo amigo.

Tudo o que sabemos sobre:
CisjordâniaIsraelpalestino

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.