Soldados atiram e detonam carro-bomba antes da hora no Iraque

Dois soldados iraquianos também ficaram feridos na explosão

EFE,

23 de setembro de 2007 | 12h11

Dois terroristas morreram hoje na explosão de seu carro-bomba provocada por tiros de soldados iraquianos perto de Baquba, a 65 quilômetros de Bagdá, segundo fontes da segurança local. As fontes disseram que os mortos são o motorista do veículo e o carona, que cometeriam um atentado contra um posto de controle do Exército em Habhab, cidade vizinha a Baquba, capital da província de Diyala. Dois soldados iraquianos também ficaram feridos na explosão. A detonação antes da hora aconteceu quando os militares iraquianos, ao suspeitarem que o carro estava carregado com explosivos, dispararam contra o veículo. Os policiais e os soldados iraquianos são alvo freqüente de ataques dos insurgentes que os acusam de colaborar com as tropas da ocupação.

Tudo o que sabemos sobre:
Iraque

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.