Soldados no Iraque fizeram dos EUA um país mais seguro, diz Obama

Em vídeo, presidente agradece tropas às vésperas do fim das operações militares no país

estadão.com.br

27 de agosto de 2010 | 15h09

VINEYARD HAVEN - O presidente dos EUA, Barack Obama, afirmou nesta sexta-feira, 27, que os soldados americanos que lutaram no Iraque "fizeram a América mais segura". O recado foi dado em um vídeo postado no site da Casa Branca, segundo informações da agência de notícias AFP.

 

"Quero aproveitar a oportunidade para agradecer a todos os homens e mulheres que serviram no Iraque e que ainda estão servindo. Seu compromisso, sua valentia e sua coragem fizeram dos EUA um país mais seguro e ajudaram a construir a democracia no Iraque", disse Obama.

 

A mensagem foi publicada pouco antes de Obama, atualmente de férias, fazer um discurso nacional sobre a retirada das tropas americanas de combate do Iraque, marcada para a próxima terça, dia 31.

 

"Sabemos que não são os únicos a ter feito sacrifícios. Suas famílias também fizeram. Em nome do povo americano, da parta das minhas filhas e esposa, e também da minha parte, queremos dizer o quanto estamos agradecidos pelo que fizeram, e que jamais nos esqueceremos", concluiu o presidente.

 

Na próxima terça-feira, os EUA irão encerrar a "Operação Liberdade Iraquiana", que começou com a invasão do país há mais de sete anos, e darão início à missão de transição "Novo Amanhecer", que prepara a retirada completa das tropas, prevista para o final de 2011.

 

A partir da próxima quarta-feira, as tropas americanas que ficarão no Iraque treinarão as forças iraquianas, organizarão operações conjuntas de luta antiterrorista e protegerão o pessoal civil e militar que ficará no país árabe.

Tudo o que sabemos sobre:
IraqueObamamilitaresretirada

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.