Soldados turcos cercam grupo de rebeldes curdos no Iraque

De acordo com o porta-voz do PKK, Ahmad Danas, os confrontos resultaram em percas para os dois lados

Associated Press,

28 de fevereiro de 2008 | 21h26

Os curdos rebeldes foram cercados por cerca de 200 soldados turcos no vale de uma montanha no norte do Iraque nesta quinta-feira, 28, informou Ahmad Danas, porta-voz do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK).   Segundo Danas, os soldados estavam em um vale entre duas montanhas a cerca de 10 km da fronteira entre o Iraque e Turquia, quando os rebeldes foram cercados. Duros confrontos resultaram em percas para os dois lados, acrescentou.   Um helicóptero turco foi atingido por fogo rebelde na área, segundo o porta-voz curdo. Autoridades da Turquia não foram encontrados para comentar o caso.   A Turquia começou a incursão no norte do Iraque na semana passada contra os separatistas rebeldes do PKK, um grupo que luta pela autonomia para a predominantemente área curda do sudeste da Turquia. Os rebeldes têm realizado ataques na Turquia a partir de bases curdas no Iraque.   Autoridades iraquianas dizem que eles não apóiam o PKK, mas opõem-se a ação militar da Turquia.   Militares da Turquia afirmaram que mataram 230 rebeldes durante a incursão turca, enquanto as perdas chegavam a 27. Danas afirmou que 27 soldados das tropas turcas foram mortos em confrontos na quarta-feira, 27, mas as autoridades turcas não estavam disponíveis para comentar esse número.   Os locais remotos das batalhas são inacessíveis à imprensa, e outros relatos não puderam ter uma apuração independente

Mais conteúdo sobre:
PKKcurdosincursãoTurquia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.