Som de explosão é ouvido perto de instalação nuclear do Irã

Uma aparente explosão foi ouvida na tarde desta segunda-feira na cidade iraniana de Isfahan, segundo relato do chefe do Judiciário regional à agência de notícias Isna.

ROBIN POMEROY, REUTERS

28 de novembro de 2011 | 19h26

"À tarde, houve um barulho como o de uma explosão, mas não temos qualquer informação das forças de segurança quanto à origem do barulho", disse o magistrado Gholamreza Ansari.

Uma importante instalação nuclear envolvida no processo de enriquecimento de urânio funciona perto da cidade de Isfahan, mas as notícias da imprensa local sobre o incidente não disseram se o barulho veio dessa direção.

O porta-voz da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA, um órgão da ONU), Gill Tudor, disse que a agência está ciente das notícias, mas não tem outras informações.

A imprensa iraniana noticia o incidente de forma contraditória.

A agência estatal Fars relatou uma grande explosão, mas depois tirou a reportagem do seu site. Outra agência, a Mehr, citou relatos de que a explosão teria acontecido em um posto de gasolina numa cidade próxima a Isfahan. O vice-governador provincial, no entanto, disse não ter recebido informações sobre nenhuma explosão na região, segundo a Mehr.

Ouvidos por telefone pela Reuters, vários moradores disseram não ter escutado nada.

Em 12 de novembro, uma enorme explosão em um quartel 45 quilômetros a oeste de Teerã matou 17 soldados da Guarda Revolucionária, inclusive o chefe do programa de mísseis dessa força militar de elite. O Irã disse que a explosão, ouvida até no centro da capital, foi causada por um acidente durante o transporte de armas.

O Irã mantém várias instalações nucleares a leste de Isfahan, segundo o Instituto para as Ciências e a Segurança Internacional, uma ONG com sede em Washington.

Isso inclui a Instalação de Conversão de Urânio, em funcionamento desde 2006 que produz o gás hexafluoreto de urânio, matéria-prima para a produção de urânio refinado na usina de Natanz.

Os EUA e seus aliados suspeitam que o Irã esteja enriquecendo urânio para usá-lo em armas nucleares. Teerã nega, dizendo que suas atividades estão voltadas exclusivamente para a geração de energia com fins pacíficos.

Tudo o que sabemos sobre:
IRAEXPLOSAONUCLEAR*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.