Suicida mata 10 durante reunião de conselho em Bagdá

Um suicida matou seis iraquianos e quatronorte-americanos, durante a reunião de um conselho no reduto doclérigo xiita Moqtada al-Sadr em Bagdá, informou a polícia naterça-feira. Segundo o Exército dos Estados Unidos, dois dosnorte-americanos mortos eram soldados. Os outros doistrabalhavam para o governo norte-americano, segundo umaporta-voz da embaixada. Ela disse que um deles trabalhava parao Departamento de Estado norte-americano e o outro, para oDepartamento de Defesa. Sete civis ficaram feridos, de acordo com a polícia. Mahmud al-Zamili, membro do conselho local de Sadr City,disse que a explosão veio de dentro da sala do vice-presidentedo conselho que, segundo a polícia, está entre os feridos. Um fotógrafo da Reuters disse que forças iraquianascercaram a sede do conselho em Sadr City, reduto da milíciaExército Mehdi, e local de intensas batalhas entre homensarmados e as forças de segurança até a declaração de uma tréguaem maio. (Reportagem de Wisam Mohammed)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.