Suicida mata 30 em manifestação curda no leste do Iraque

Um suicida matou pelo menos 30 pessoas e feriu outras 50 em uma manifestação política de curdos nesta segunda-feira, na cidade de Khanaqin, 140 quilômetros a nordeste de Bagdá, disseram fontes de segurança.

Reuters

28 de abril de 2014 | 15h46

Os curdos comemoravam a aparição na TV do presidente iraquiano, Jalal Talabani, um curdo que está incapacitado desde o fim de 2012.

"O agressor infiltrou-se em meio à multidão perto da sede da União Patriótica do Curdistão e explodiu a si mesmo, causando um trágico massacre", disse um policial.

Tudo o que sabemos sobre:
IRAQUESUICIDAMATATRINTA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.