Suposto agente do serviço secreto de Israel é preso no Líbano

Suposto agente do serviço secreto de Israel é preso no Líbano

Libanês trabalhava para o Mossad há dois anos e visitava territórios palestinos

Efe

09 de abril de 2010 | 15h11

BEIRUTE - A divisão de inteligência da Polícia do Líbano deteve na quinta-feira, 8, um suposto agente libanês que trabalhava para o Mossad, o serviço secreto israelense, na região meridional de Tiro, informam nesta sexta os jornais Al-Akbar e As Safir.

 

Durante o interrogatório, o homem, identificado com as iniciais M.Ch., confessou que trabalhava há dois anos para o serviço secreto israelense e que tinha visitado os territórios palestinos em mais de uma ocasião.

 

O suspeito é natural da cidade de Nabatiye al-Fawqa e trabalhava em uma companhia que fornecia comida ao contingente italiano da Força Interina das Nações Unidas no Líbano (Finul).

 

Ao Al-Akbar, que cita fontes dos serviços de segurança, precisa que o suspeito tinha recebido um telefone celular que era utilizado por oficiais israelenses para dar ordens a seus agentes no Líbano, embora tenha se desfeito dele.

 

Dezenas de pessoas foram presas no Líbano nos últimos anos por supostamente colaborar com Israel.

Tudo o que sabemos sobre:
MossadIsraelserviço secreto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.