Suposto dirigente de operações da Al-Qaeda é preso no Iraque

Abdel Sabawui foi detido no domingo após policiais serem informados sobre seu esconderijo

Efe,

19 de maio de 2008 | 06h35

O suposto dirigente das operações da Al-Qaeda na província de Ninawa, no norte do Iraque e um dos bastiões da rede terrorista, foi detido durante uma ofensiva lançada contra seu refúgio em Tikrit, informou nesta segunda-feira a Polícia iraquiana. Fontes policiais explicaram à Agência Efe que o líder, identificado como Abdel Jaleq Ismail Sabawui, foi detido no domingo à noite em uma operação lançada depois que a polícia recebeu informações sobre seu esconderijo na província de Salah ad-Din, cuja capital é Tikrit, a 180 quilômetros ao norte de Bagdá. Segundo as fontes, Sabawi tinha deixado a cidade de Mossul, capital de Ninawa, por temor de ser detido após o início de uma operação militar contra os militantes da Al-Qaeda nessa região, uma das fortificações do grupo terrorista. No dia 10 de maio, o Exército iraquiano lançou uma operação contra os redutos da Al-Qaeda em Ninawa, na qual, segundo fontes oficiais iraquianas, pelo menos 1.100 rebeldes foram detidos. O primeiro-ministro iraquiano, Nouri al-Maliki, realizou na quarta-feira passada uma visita a Mossul para supervisionar o desenvolvimento da operação.

Tudo o que sabemos sobre:
Al-QaedaIraque

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.