Taleban confirma ter sequestrado soldado americano

Segundo comunicado da milícia, soldado foi detido e as condições da libertação ainda serão divulgadas

06 de julho de 2009 | 17h54

Militantes afegãos do Taleban confirmaram nesta segunda-feira, 6, ter sequestrado um soldado americano desaparecido desde o fim de junho, segundo comunicado publicado pelas autoridades de vigilância nos EUA no site islâmico Intelligence, informou a agência AFP.

 

No comunicado, os talebans afirmam que "prenderam um soldado americano há cinco dias, quando este se encontrava em estado de ebriedade no distrito de Yusuf Jail da província de Paktika", no sudeste afegão.

 

Esse se torna o primeiro caso de sequestro de um soldado americano pela milícia extremista no Afeganistão desde a chegada do Exército dos EUA no país em 2001 para derrubar os rebeldes do poder.

 

No dia 2 de julho, o Exército americano anunciou em Cabul que um e seus soldados, desaparecido desde o dia 30 de junho, provavelmente havia sido capturado por combatentes islâmicos.

 

No mesmo dia, um comandante de um dos principais grupos do Taleban reivindicou o sequestro e afirmou que as condições para a liberação do soldado seriam divulgadas posteriormente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.