Taleban nega morte de al-Zawahri, o número dois da Al-Qaeda

'Mais uma vez essa declaração é falsa. A informação não tem base nenhuma', afirma um porta-voz do grupo

Zeeshan Haider, da Reuters,

02 de agosto de 2008 | 10h09

Um porta-voz do taleban no Paquistão negou neste sábado, 2, que o número dois da Al-Qaeda, Ayman al-Zawahri, está morto ou ferido, conforme uma reportagem da rede de TV e rádio norte-americana CBS havia afirmado.   A matéria dizia que al-Zawahri foi morto em um ataque aéreo americano no Paquistão na segunda-feira passada.   "Al-Zawahri foi morto por eles várias vezes. Porém, mais uma vez essa declaração é falsa. A informação não tem base nenhuma", disse Maulvi Omar à agência Reuters por telefone.   A CBS baseou sua reportagem em uma cópia de uma carta escrita pelo líder dos taleban no Paquistão, Baitullah Mehsud, em que requisitava um médico para tratar de al-Zawahri que estava ferido. A carta foi escrita na terça, um dia após o ataque aéreo americano na região.

Tudo o que sabemos sobre:
talebanAl-Qaeda

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.