Taliban ataca distrito de embaixadas em Cabul, no Afeganistão

Combatentes-suicida do Taliban lançaram um ataque no centro de Cabul nesta terça-feira, assumindo o controle um prédio que estava em construção próximo a um distrito diplomático na capital afegã e atirando foguetes na direção de embaixadas e complexos da Otan.

MIRWAIS HAROONI E HAMID SHALIZI, REUTERS

13 Setembro 2011 | 08h27

A incursão foi o segundo grande ataque do Taliban na cidade em menos de um mês, depois que homens-bomba atingiram a sede do Conselho Britânico em meados de agosto, matando nove.

Fortes explosões e tiros foram ouvidos no começo da tarde (manhã, em Brasília), e ao menos dois foguetes atingiram o distrito de Wazir Akbar Kha, onde estão localizadas as embaixadas dos EUA, da Grã-Bretanha, entre outras.

Um foguete atingiu um ônibus escolar, mas aparentemente o veículo estava vazio no momento do impacto. Quatro civis feridos foram levados para hospitais, disse o vice-ministro da Saúde.

Dois helicópteros da Otan circularam o prédio na praça central de Abdul Haq que foi tomado pelos combatentes. O Taliban disse que o grupo estava armado com granadas propulsionadas por foguetes, coletes-suicida e rifles.

"Os principais alvos dos atacantes são o prédio da agência de inteligência e um ministério", disse o porta-voz do Taliban, Zabihullah Mujahid, à Reuters por telefone, sem citar seu paradeiro. Ele também disse depois que o grupo estava atacando a embaixada norte-americana e a sede da Força Internacional de Assistência à Segurança (ISAF, na sigla em inglês) da Otan.

Mais conteúdo sobre:
AFEGANISTAO TALIBAN ATAQUE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.