Taliban ataca oeste de Cabul, matando um policial e ferindo outros dois

Atentado ocorreu horas após ataques contra distrito onde estão embaixadas e instituições estrangeiras

REUTERS

13 Setembro 2011 | 09h17

CABUL - Um policial foi morto e outros dois ficaram feridos em um atentado-suicida no oeste de Cabul nesta terça-feira, horas depois de ao menos cinco combatentes do Taliban terem lançado um ataque no distrito das embaixadas no centro da capital do Afeganistão, informou um policial.

"Um policial foi morto e dois ficaram feridos quando um homem-bomba tentou entrar no prédio", disse Ghulam Rasool Tarakhil, policial civil, à Reuters. "Ele foi identificado e se explodiu na entrada", acrescentou.

A embaixada dos EUA disse que nenhum funcionário da embaixada ficou ferido no ataque perto do distrito diplomático.

Um segundo homem-bomba feriu duas pessoas ao detonar seus explosivos perto da escola de ensino médio Habibia, também a oeste de Cabul, informou o Ministério do Interior, em comunicado.

O Taliban assumiu a responsabilidade pelas ações no distrito das embaixadas e afirmou que também tinha iniciado um ataque perto do aeroporto, tendo como forças de segurança.

Mais conteúdo sobre:
AFEGANISTAOATAQUEUMMORRE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.