Taliban concorda em libertar 19 reféns sul-coreanos

O Taliban concordou em libertar 19 refénssul-coreanos mantidos no Afeganistão desde meados de julho,informou o governo da Coréia do Sul na terça-feira. Segundo um porta-voz do presidente sul-coreano, o Talibanconcordou em soltar os asiáticos depois que a Coréia do Sulresolveu atender a certas condições, como proibir seus cidadãosde conduzir atividades missionárias cristãs no Afeganistão. A TV Al Jazeera, com sede no Catar, disse que o acordoaconteceu depois que a Coréia do Sul aceitou retirar suastropas do Afeganistão antes do final do ano. O porta-voz sul-coreano não comentou a retirada das tropase disse que a libertação dos reféns poderia ainda levar umtempo. O Taliban capturou 23 voluntários sul-coreanos cristãos em19 de julho, de um ônibus na província de Ghazni. O grupo matou dois reféns após uma série de prazos teremexpirados, mas libertaram duas mulheres em um gesto de boavontade durante a primeira rodada de negociações. Este é o maior caso de sequestro na renovada campanha doTaliban desde que as tropas lideradas pelos Estados Unidosderrubaram o grupo do poder no Afeganistão em 2001.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.