Washington Post photo byJabin Botsford
Washington Post photo byJabin Botsford

Tensão aumenta entre Síria e Israel após lançamento de foguetes

Dois foguetes foram disparados a partir do território sírio; Israel respondeu com bombardeios em alvos das forças armadas sírias

EFE, O Estado de S.Paulo

02 de junho de 2019 | 03h00

JERUSALÉM- A tensão entre Síria e Israel aumentou nas últimas 12 horas após o lançamento de dois foguetes a partir do território sírio, que foi respondido com bombardeios do exército sobre alvos das forças armadas sírias. Pelo menos três soldados sírios morreram; outros sete foram feridos.

"Ontem à noite foram lançados dois foguetes a partir da Síria para o Monte Hermon, no norte das Colinas de Golã. Um dos foguetes foi localizado dentro de território israelense", afirmou um comunicado do exército de Israel, acrescentando que "em resposta, aviões de combate do Exército e helicópteros atacaram vários alvos militares das Forças Armadas sírias".

Entre os alvos bombardeados havia duas baterias de artilharia síria, vários postos de observação e de inteligência na parte de Golã sob controle sírio e uma bateria de defesa aérea SA-2, informou o exército israelense.

"Durante os bombardeios, um sistema aéreo de defesa foi ativado devido a disparos antiaéreos sírios. Nenhum dos foguetes explodiu em Israel", acrescentou a nota.

O primeiro-ministro interino e titular de Defesa, Binyamin Netanyahu, ordenou às Forças de Defesa de Israel que tomassem medidas decisivas. "Não vamos tolerar disparos no nosso território. Vamos atuar com grande força contra qualquer agressão." 

 

Tudo o que sabemos sobre:
Síria [Ásia]Israel [Ásia]

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.