Trégua é rompida em Gaza e ao menos 40 morrem em ataque israelense, diz hospital

Israel acusou o Hamas e outros grupos militantes palestinos de violarem a trégua mediada pelos Estados Unidos e a ONU

REUTERS

01 de agosto de 2014 | 07h20

A artilharia israelense perto da cidade de Rafah, no sul da Faixa de Gaza, matou pelo menos 40 pessoas nesta sexta-feira, informou o hospital local, enquanto o cessar-fogo iniciado horas antes desmoronava.

Israel acusou o Hamas e outros grupos militantes palestinos de violarem a trégua mediada pelos Estados Unidos e a ONU, mas não deu detalhes, enquanto a mídia israelense noticiava que militantes armados tinham disparado contra soldados de Israel na área de Rafah.

(Reportagem de Nidal al-Mughrabi)

Tudo o que sabemos sobre:
ORMEDISRAELGAZAMORTES*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.