Três atentados com carros-bomba matam 13 pessoas no Iraque

Governo do Iraque anunciou novas medidas de segurança para proteger os cristãos em Mosul

Marcílio Souza com Agências internacionais,

12 de outubro de 2008 | 17h14

Dois carros-bomba explodiram neste domingo em atentados suicidas em Mosul, no norte do Iraque, matando pelo menos seis pessoas e ferindo dezenas de outras, disseram autoridades iraquianas e norte-americanas. Em Bagdá, a explosão de um outro carro-bomba matou sete.  Também neste domingo, o governo do Iraque anunciou novas medidas de segurança para proteger os cristãos em Mosul, depois de vários ataques contra eles promovidos por extremistas religiosos sunitas.  A série de ataques mostra os persistentes desafios que o Iraque enfrenta à medida que os EUA transferem a responsabilidade para os soldados e a polícia do país do Oriente Médio depois do forte declínio da violência desde o ano passado.  Autoridades norte-americanas temem que as hostilidades aumentem antes das eleições regionais, que deverão ocorrer até o final de janeiro. As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.