Três explosões matam 15 pessoas e ferem 25 no Iraque

Atentado ocorreu em um mercado muito movimentado na cidade santa xiita de Najaf, ao sul do país

Efe,

14 de janeiro de 2010 | 14h59

Pelo menos 15 pessoas morreram nesta quinta-feira, 14, e outras 25 ficaram feridas em três explosões consecutivas na cidade santa xiita de Najaf, 170 quilômetros ao sul de Bagdá, disseram à Agência Efe fontes policiais.

Veja também:

linkTribunal condena à morte 11 envolvidos em atentado em Bagdá 

 

As bombas explodiram por volta das 17h30 local (12h30 de Brasília), em um mercado muito movimentado da localidade, segundo as fontes, que disseram que um dos artefatos explosivos estava escondido em um veículo.

 

VEJA TAMBÉM:
Guerra do Iraque: do início ao início do fim

Várias ambulâncias foram ao local dos atentados para retirar os mortos e feridos, enquanto as forças de segurança atiraram para cima a fim de dispersar os curiosos e facilitar os trabalhos de resgate, disseram testemunhas à Efe.

 

Este ataque é o mais sangrento no Iraque depois que, em 30 de dezembro, 25 pessoas morreram em um duplo atentado em Ramadi, capital da província ocidental de Al-Anbar.

 

Najaf é a cidade mais sagrada para os xiitas, já que nela está enterrado o imame Ali Ibn Abu Taleb, primo e genro de Maomé, causador da cisão entre o sunismo e o xiismo.

Tudo o que sabemos sobre:
explosoesIraqueNajaf

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.