Três explosões na capital do Iraque matam pelo menos 8

Três explosões abalaram um movimentado mercado na capital do Iraque, neste domingo, matando pelo menos oito pessoas e ferindo outras 26, disseram fontes de hospitais e da polícia.

REUTERS

06 de novembro de 2011 | 11h18

As explosões ocorreram em Shurja, um importante distrito comercial no centro de Bagdá, no primeiro dia do festival muçulmano de Eid al-Adha.

"Eu posso ver o fogo e fumaça preta subindo e um grande número de carros de bombeiros, ambulâncias e patrulhas policiais correndo para o mercado", disse uma testemunha à Reuters, que estava perto do mercado Shurja.

Uma fonte do hospital al-Kindi, em Bagdá, disse que as instalações receberam oito mortos e 26 feridos por conta do ataque.

As forças iraquianas estão se preparando para assumir plena responsabilidade pela segurança no final do ano, quando todas as tropas dos EUA devem deixar o país, quase nove anos depois da invasão liderada pelos americanos.

Embora a violência tenha caído desde o pico de conflitos sectários em 2007, atentados e assassinatos ocorrem em bases diárias.

O número de civis mortos na violência no Iraque subiu acentuadamente em outubro após uma série de atentados suicidas nas beiras de estradasde Bagdá. Ataques também aumentaram contra o exército do Iraque e contra a polícia.

(Reportagem de Kareem Raheem; Texto de Serena Chaudhry)

Tudo o que sabemos sobre:
IRAQUEEXPLOSOES*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.