Três soldados americanos e 2 tradutores são mortos no Iraque

Segundo exército, eles perderam a vida em um ataque enquanto participavam de uma operação militar

Efe,

27 de junho de 2008 | 05h30

Três soldados americanos e dois tradutores morreram na quinta-feira na região iraquiana de Karma, onde um atentado suicida matou 17 pessoas e deixou outras 20 feridas. Segundo um comunicado do comando militar dos EUA, os soldados e seus tradutores perderam a vida em um ataque enquanto participavam de uma operação militar. Testemunhas asseguraram que havia soldados americanos entre os mortos no atentado, mas o comunicado não informa se os uniformizados perderam a vida neste ataque. O atentado foi perpetrado por um terrorista suicida na manhã de quinta-feira em Karma, nas cercanias da cidade de Faluja, 50 quilômetros ao oeste de Bagdá.

Mais conteúdo sobre:
IraqueEUAmortesataque

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.