Tribos sunitas tomam o controle de posto na fronteira com Jordânia, dizem fontes

Tribos sunitas assumiram o controle de um posto de controle na fronteira entre o Iraque e a Jordânia na noite de domingo, depois que o Exército do Iraque se retirou da área após um confronto com rebeldes, disseram fontes do setor de inteligência iraquiano e jordaniano.

REUTERS

23 de junho de 2014 | 07h28

A mudança ocorreu depois que militantes sunitas liderados pelo grupo Estado Islâmico do Iraque e do Levante (EIIL) tomaram o controle de pontos de passagem no norte do Iraque, na fronteira com a Síria, seguindo sua meta de formar um "califado" em áreas dos dois países, o que vem alarmando o Oriente Médio e o Ocidente.

Não ficou imediatamente claro se a tomada da passagem iraquiano-jordaniana de Turaibil por membros de tribos é parte do amplo avanço do EIIL, que também ajudou o grupo islamita a garantir linhas de suprimento.

Fontes no Exército da Jordânia disseram que suas tropas estão há dias em estado de alerta ao longo dos 181 quilômetros da fronteira com o Iraque, para afastar "qualquer ameaça potencial observada".

(Reportagem de Suleiman Al-Khalidi)

((Tradução Redação São Paulo; 5511 5644-7731))

REUTERS MTS AC

Mais conteúdo sobre:
IRAQUESUNITASFRONTEIRA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.