Tropas dos EUA detêm dois dirigentes da Al-Qaeda em Bagdá

Detidos são identificados como Salim Abdala Ashur al-Shujayri e Ali Rash Nasir Shamari

Efe,

25 de agosto de 2008 | 06h45

Dois supostos dirigentes da rede da Al-Qaeda no Iraque foram detidos por tropas americanas no transcurso de uma recente operação em Bagdá, informou nesta segunda-feira, 25, o comando militar dos Estados Unidos no país árabe. Em comunicado, a cúpula militar identificou os detidos como Salim Abdala Ashur al-Shujayri, conhecido como Abu Uzman, e Ali Rash Nasir Shamari, que também responde pelo nome de Abu Tiba. Segundo os militares, os supostos líderes da Al-Qaeda foram detidos em duas operações diferentes promovidas nos dias 11 e 17 de agosto. As tropas americanas consideram Abu Tiba, suspeito de terrorismo desde 2005, o principal assessor da Al-Qaeda em Bagdá, oferecendo conselho e assistência para escolher os alvos para seus subordinados na cidade, entre eles Abu Uzman. Por sua parte, Abu Uzman supostamente supervisionou atentados com carro-bomba e suicidas contra civis na capital iraquiana. Além disso, os militares americanos o consideram como planejador do seqüestro da jornalista americana do "Christian Science Monitor" Jill Carroll, em janeiro de 2006.

Tudo o que sabemos sobre:
IraqueAl-Qaeda

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.