Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Tropas iraquianas capturam 140 rebeldes da Al Qaeda em Mossul

Tropas iraquianas prenderam 140 supostos rebeldes da Al Qaeda e de outros grupos sunitas durante operações em Mossul nos quatro últimos dias, disseram neste sábado funcionários de segurança.

REUTERS

03 de outubro de 2009 | 11h28

Mossul é o último reduto urbano de uma insurgência majoritariamente sunita, que é formada por grupos islâmicos como Al Qaeda e membros do partido do falecido presidente Saddam Hussein, o Baath.

"Essa operação é dirigida à Al Qaeda e membros do Baath na cidade (...) e a todos os que colaboram com eles", disse um porta-voz do Ministério da Defesa, general Mohammed al-Askari.

O general acrescentou que o número de tropas tem sido incrementado nos arredores da cidade para controlar a atividade insurgente.

Um funcionário local de segurança que pediu para não ser identificado afirmou que as operações, executadas por uma elite antiterrorista de Bagdá, resultaram na captura de 140 rebeldes. Destes, 100 foram transferidos para cadeias na capital.

O funcionário disse ainda que outros 100 rebeldes são procurados pelas autoridades.

A Al Qaeda intensificou sua presença em Mossul e em áreas próximas à província de Nineveh após ser expulsa do oeste do Iraque e de Bagdá por árabes sunitas que se aliaram às forças dos Estados Unidos.

(Por Khalid al-Ansary)

Tudo o que sabemos sobre:
ORMEDIRAQUEALQAEDA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.