Tropas israelenses matam palestino perto da fronteira com Gaza, dizem médicos

Soldados israelenses atiraram e mataram um homem palestino na Faixa de Gaza nesta segunda-feira, disseram autoridades médicas.

Reuters

14 de janeiro de 2013 | 18h15

Israel não comentou imediatamente as informações sobre a morte do homem que, segundo o Ministério da Saúde comandado pelo grupo islâmico Hamas, era um fazendeiro, na cidade de Beit Lahiya, em Gaza, na região de fronteira com Israel.

Autoridades palestinas disseram que um tiro na cabeça feriu gravemente Mustafa Abu Jarad, de 21 anos. Médicos no hospital de Shifa, para onde ele foi levado, disseram que ele morreu em consequência dos ferimentos que sofreu.

A fronteira entre Israel e Gaza tem se mantido calma desde novembro, quando oito dias de disparos de foguetes palestinos contra Israel e ataques aéreos israelenses mataram 170 palestinos e seis israelenses.

Desde então, quatro palestinos foram mortos a tiros por tropas israelenses na região de fronteira, a maioria deles numa área que Israel considera zona proibida por anos, argumentando haver o risco de ataques contra seus soldados.

Os palestinos afirmam que as restrições negam a muitos fazendeiros o acesso a suas terras.

(Reportagem de Nidal al-Mughrabi)

Tudo o que sabemos sobre:
ORMEDPALESTINOISRAELMATA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.