Tropas sírias matam 30 em funeral em Damasco, dizem ativistas

Ativistas da oposição disseram que forças sírias mataram mais de 30 pessoas no sábado ao atirarem um morteiro em uma procissão de funeral para um homem que morreu em um bombardeio um dia antes.

Reuters

30 de junho de 2012 | 17h41

Segundo os ativistas, um vídeo amador publicado em um website mostrou o momento que a explosão atingiu a multidão. Outro vídeo mostrou o resultado -fumaça cinza no ar e corpos na rua.

O Observatório Sírio para Direitos Humanos, que é a favor da oposição, disse que o total de mortes deve crescer devido ao número de feridos.

(Por Oliver Holmes)

Mais conteúdo sobre:
SIRIATROPAS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.