Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Veja o que os negociadores internacionais pedem a israelenses e palestinos

SÃO PAULO - O Quarteto, bloco formado pelos EUA, União Europeia, ONU e Rússia para a solução do conflito no Oriente Médio, se reuniu nesta sexta-feira, 19, em Moscou e pediu o fim da expansão de assentamentos israelenses em territórios palestinos e defendeu a criação de um Estado palestino em até 2012. Veja os principais pontos do comunicado final do encontro, segundo o departamento de Estado americano:

estadao.com.br

19 de março de 2010 | 14h39

- A criação de um Estado palestino em até 24 meses, pondo fim à ocupação israelense iniciada em 1967.

- O congelamento por parte do governo de Israel de toda e qualquer forma de assentamentos, o desmonte os postos militares erguidos em 2001 e o fim das demolições e despejos de palestinos em Jerusalém Oriental.

- O status de Jerusalém será definido pelas negociações e a anexação israelense da parte oriental da cidade não é reconhecida pela comunidade internacional.

- As negociações indiretas entre israelenses e palestinos devem ser retomadas, visando o estabelecimento, sem precondições, das conversas bilaterais entre as duas partes.

- O fim dos atos provocativos e de retórica inflamável em locais de interesse cultural e religioso.

- Uma solução viável para a crise humanitária e a situação de direitos humanos em Gaza. O bloco defende também o fim do tráfico de armas e a reunificação da liderança palestina sob a AP.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.