Vice-presidente do parlamento da Líbia declara eleição inválida

O vice-presidente do Parlamento da Líbia declarou inválida a eleição de Ahmed Maiteeq como novo primeiro-ministro, de acordo com uma carta publicada em um site do governo neste domingo.

Reuters

04 Maio 2014 | 17h02

Maiteeq não conseguiu obter o quórum necessário durante uma votação parlamentar mais cedo neste domingo, disse o vice-presidente do Parlamento, Ezzedin al-Awami, em uma carta ao governo.

O governo do ex-premiê Abdullah al-Thinni, que renunciou há três semanas, permanecerá no cargo até que um sucessor seja eleito legalmente, escreveu.

(Por Ulf Laessing e Feras Bosalum)

Mais conteúdo sobre:
LIBIA ELEICOES*

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.