Violência e insurgência crescem no Afeganistão, dizem EUA

A violência no Afeganistão atingiu seu recorde histórico nos últimos meses, e a insurgência está se tornando mais sofisticada, disseram militares dos Estados Unidos na terça-feira.

REUTERS

23 de novembro de 2010 | 19h23

O Pentágono disse, em relatório ao Congresso, que o total de incidentes violentos --exceto o uso de bombas em acostamentos e calçadas-- teve, no período de abril a setembro, uma alta de 300 por cento em relação a 2007.

O informe diz que a abrangência geográfica e a sofisticação dos insurgentes estão maiores, que o Irã continua fornecendo armas e treinamento ao Taliban, e que os refúgios dos insurgentes ao longo da fronteira entre Paquistão e Afeganistão continuam sendo um obstáculo, a despeito da melhora na cooperação paquistanesa com a Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan).

O relatório também critica o compromisso "questionável" do governo no combate à corrupção.

(Reportagem de Missy Ryan)

Tudo o que sabemos sobre:
AFEGANISTAOVIOLENCIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.