Violência nos arredores de Bagdá deixa 4 mortos e 10 feridos

Duas mortes aconteceram quando militares americanos invadiram uma casa; o dono foi detido

Efe,

04 de setembro de 2007 | 05h51

Pelo menos quatro pessoas morreram e 10 ficaram feridas numa série de atos violentos nas últimas horas nos arredores de Bagdá, informaram fontes policiais. Segundo as fontes, duas pessoas morreram quando militares americanos invadiram uma casa no subúrbio de Zayona. O dono da casa foi detido. O Exército dos Estados Unidos não explicou os motivos da operação. Outro civil morreu e cinco foram feridos quando uma bomba explodiu no mesmo bairro, atingindo um grupo de trabalhadores que se dirigia a seus postos de trabalho. Ao sul de Bagdá, em Zafaraniya, um carro-bomba estacionado junto a um mercado popular matou uma pessoa e feriu cinco na noite de segunda-feira. A explosão causou graves danos materiais a carros e lojas. Zafaraniya, 30 quilômetros ao sul de Bagdá, fica no "triângulo da morte" sunita, um dos principais focos de violência da insurgência no Iraque.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.