Zardari diz que arsenal nuclear do Paquistão está seguro

O presidente do Paquistão, Asif Ali Zardari, descartou na segunda-feira a possibilidade de as armas nucleares de seu país caírem nas mãos do Taliban.

REUTERS

27 de abril de 2009 | 08h36

"Eu quero assegurar ao mundo que o arsenal nuclear do Paquistão está em mãos seguras", disse ele durante uma entrevista a um painel formado pela Reuters e outros veículos internacionais.

Os avanços do Taliban em direção à capital paquistanesa Islamabad nas últimas semanas aumentaram temores nos Estados Unidos sobre a estabilidade no país aliado.

Países ocidentais que precisam do apoio do Paquistão para derrotar a Al Qaeda e conseguir estabilizar o Afeganistão têm muito receio de qualquer ameaça à segurança das armas nucleares do país.

Zardari disse que o Paquistão tem um forte comando e um sistema de controle sobre suas armas nucleares em pleno funcionamento.

A secretária de Estado dos EUA, Hillary Clinton, disse em uma entrevista à rede Fox News na semana passada que os Estados Unidos não poderiam admitir a possibilidade de o Taliban tomar controle sobre o arsenal nuclear paquistanês.

(Reportagem de Zeeshan Haider)

Tudo o que sabemos sobre:
PAQUISTAONUCLEARZARDARI*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.