Pelo Twitter, Chávez chama venezuelanos às urnas

Presidente da Venezuela envia avalanche de mensagens pedindo vitória esmagadora

AFP,

26 de setembro de 2010 | 15h46

O presidente da Venezuela Hugo Chávez enviou uma avalanche de mensagens por sua conta no Twitter (@chavezcandanga) chamando os venezuelanos às urnas. Ele pede que seus conterrâneos levem adiante uma “vitória esmagadora” nas eleições legislativas deste domingo, que são peça chave para seu governo de quase 12 anos.

 

“Bem, são seis horas da manhã! A partir desse momento, a Venezuela começa a escrever outra página desta história! Ao ataque!”, foi uma das primeiras mensagens que enviou hoje de seu perfil, que conta com mais de 854 mil seguidores.

 

“Que siga crescendo essa avalanche de votos! A essa hora já foi  batido o recorde de Centros abertos. É um bonito dia. Vamos que a pátria espera”, escreveu o presidente aproximadamente duas horas depois da abertura dos colégios eleitorais, às 9h30, horário de Brasília.  

 

Ontem, o ministro do interior Tareck El Aissami denunciou que a conta de Chávez teria provavelmente sido hackeada e usada para enviar mensagens que não foram redigidas pelo chefe de Estado.

 

Chavéz, no entanto, segue atualizado sua conta e chamando seus conterrâneos às urnas, em uma tentativa de evitar o alto índice de abstenção. Foi por ela que anunciou que estava saindo para votar acompanhado de seus filhos e netos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.