Tariq Mikkel Khan / Ritzau Scanpix / AFP
Tariq Mikkel Khan / Ritzau Scanpix / AFP

Homem mais rico da Dinamarca perde três dos quatro filhos em atentados no Sri Lanka

Anders Holch Povlsen, dono do grupo de moda Bestseller e principal acionista do site de venda de roupas ASOS, estava de férias no país com a mulher, Anne, e os filhos; identidade e idade das vítimas não foram reveladas

Redação, O Estado de S.Paulo

22 de abril de 2019 | 09h49

COPENHAGUE - Três dos quatro filhos do bilionário dinamarquês Anders Holch Povlsen, dono do grupo de moda Bestseller e principal acionista do site de venda de roupas ASOS, morreram nos atentados de domingo no Sri Lanka, anunciou um porta-voz da empresa.

"Pedimos que seja respeitada a vida particular da família e não faremos outros comentários", declarou Jesper Stubkier, responsável pela comunicação de Bestseller.

A identidade e a idade das vítimas não foram informadas. Segundo a imprensa dinamarquesa, Holch Povlsen, sua mulher Anne e os quatro filhos do casal estavam de férias no Sri Lanka.

Considerado a pessoa mais rica da Dinamarca - com uma fortuna estimada pela Forbes em US$ 7,9 bilhões - Anders Holch Povlsen, de 46 anos, herdou o grupo de moda Bestseller, criado em 1975 por seus país Merete e Troels Holch Povlsen

O grupo tem mais de 3 mil pontos de venda em 70 países e controla marcas como Vero Moda, Only e Jack & Jones. 

Holch Povlsen é também acionista majoritário da marca britânica de moda online ASOS e tem parte do capital da Zalando, especialista alemã de vendas na internet.

No domingo, oito explosões foram registradas em vários pontos do Sri Lanka, atingido igrejas e hotéis, e deixando ao menos 290 mortos e 500 feridos.

Nesta segunda, o governo acusou o grupo islamista local National Thowheeth Jama'ath (NTJ), de ser responsável pelos atentados suicidas. / AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.