Marco Longari / AFP
Marco Longari / AFP

Polícia da África do Sul usa balas de borracha para dispersar aglomeração

Pelo menos 300 pessoas estavam em frente frente a um supermercado; após incidente, policiais organizaram a fila

Redação, O Estado de S.Paulo

28 de março de 2020 | 10h25

JOANESBURGO - A polícia sul-africana disparou balas de borracha no sábado, 27, para dispersar centenas de pessoas no comércio de Joanesburgo, violando o confinamento imposto para conter o coronavírus.

Clientes, pelo menos 300, incluindo mulheres e crianças, estão na fila desde a manhã em frente a um supermercado de alimentos, no coração da maior cidade do país, sem respeitar as instruções a distância.

Chegando a bordo de vários veículos, os policiais abriram fogo com balas de borracha para dispersar a multidão, antes de organizar uma nova fila, desta vez respeitando as distâncias com chicotadas.

Para Entender

Coronavírus: veja o que já se sabe sobre a doença

Doença está deixando vítimas na Ásia e já foi diagnosticada em outros continentes; Organização Mundial da Saúde está em alerta para evitar epidemia

Com 1.170 casos e uma morte oficialmente registrada de acordo com o último balanço, a África do Sul é o país mais afetado pela pandemia na África. / AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.