Quem são as vítimas do ataque em Las Vegas
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Quem são as vítimas do ataque em Las Vegas

Apesar de as autoridades ainda não terem identificado todas as pessoas que morreram, algumas famílias compartilharam histórias; conheça algumas delas

Redação Internacional

03 Outubro 2017 | 12h27

A noite que começou como uma celebração de música country terminou em tragédia no domingo 1.º, quando Stephen Paddock abriu fogo contra as pessoas que assistiam ao show, matando 59 e deixando mais de 500 feridas.

+ Com 1 atirador em ação por dia, debate sobre porte de armas retorna nos EUA


As autoridades ainda não identificaram todas as vítimas, mas alguns parentes e amigos compartilharam histórias. Conheça abaixo algumas delas.

+ Massacre em Las Vegas era inevitável, afirmam especialistas em segurança

Noite que começou como uma celebração da música country terminou em tragédia (Foto: REUTERS/Chris Wattie)

Noite que começou como uma celebração da música country terminou em tragédia (Foto: REUTERS/Chris Wattie)

Adrian Murfitt, 35 anos

Murfitt se juntou a dois amigos de infância para ir ao show de música country, exatamente como tinha feito no ano anterior, segundo sua irmã, Shannon Gothard. “Ele estava apenas se divertindo e acabou levando um tiro no pescoço”, disse ela. “Infelizmente, ele morreu nos meus braços”, relatou o amigo Brian MacKinnon. “Realmente não sei mais o que dizer neste momento. Sinto muito.”

Sonny Melton, 29 anos

Quando ele e sua mulher, Heather Gulish Melton, ouviram o barulho dos tiros, começaram a correr. “Eu senti ele sendo baleado nas costas”, afirmou ela. “Quero que todos saibam o quão bondoso e amável ele era, mas agora mal consigo respirar.” A porta-voz da Casa Branca, Sarah Huckabee Sanders, disse que Sonny Melton e sua mulher estavam casados há apenas um ano e viajaram do Tennessee para ver o festival. “Quando as balas começaram a cair, Sonny protegeu-a do perigo, dando sua vida para salvar a dela”, relatou a porta-voz.

Susan Smith, 53 anos

Amante da música country, Susan tinha dois filhos, um menino e uma menina, e trabalhava na administração de uma escola na Califórnia. Ela tinha ido com os amigos a Las Vegas, onde morreu durante o ataque, disse Jake Smith, porta-voz do distrito. Os colegas dela sobreviveram ao episódio.

Jordan McIldoon, 23 anos

Segundo a família, o mecânico Jordan McIldoon estava prestes a começar a faculdade de administração. Ele viajava junto à namorada. “Tivemos apenas um filho. (…) Não sabemos o que fazer”, disseram os pais.

Lisa Romero-Muniz, 48 anos

Em 2016, o marido de Lisa, Chris, esqueceu o aniversário de casamento do casal. Neste ano, ele estava determinado a compensá-la. Para isso, planejou quatro dias em Las Vegas e comprou ingressos para ver seu cantor country favorito, Jason Aldean. Lisa era mãe de três crianças e trabalhava na secretaria de um colégio no Novo México.

Jessica Klymchuk, 28 anos

Jessica era canadense e visitava Las Vegas com seu namorado. Ela trabalhava na biblioteca de uma escola, era motorista de ônibus e mãe de quatro filhos.

Quinton Robbins, 20 anos

Robbins trabalhava como assistente de recreação na cidade de Henderson, em Nevada, segundo sua tia, Kilee Wells Sanders. “Todos que o conheciam o amavam. Tinha uma risada e um sorriso contagioso”, disse ela.

Rachael Parker, 33 anos

A técnica de registros policiais foi baleada durante o show, mas morreu mais tarde no hospital, segundo o Departamento de Polícia. Ela estava fora de serviço no momento do ataque.

Sandy Casey, 35 anos

A professora de Vermont estava com um grupo de funcionários da escola quando foi baleada. Os colegas não foram feridos. “Ela levava luz a qualquer lugar que ia”, afirmou o superintendente Mike Matthews. O noivo de Sandy, Chris Willemse, disse no Facebook: “Enquanto sento e lamento que uma vida tão bonita tenha ido embora tão rápido, tudo que posso dizer é que ao olhar para cima e ver os pássaros voando alto e livres hoje, sinto como se você estivesse sorrindo para nós. Amo você garota!”

Angie Gomez, 20 anos

Angie recebeu três tiros, segundo Tyler Smith, um amigo da família, sendo um no ombro e dois no braço. O namorado dela tentou carregá-la pelo local do ataque com a ajuda de alguns desconhecidos, mas Smith afirmou que a multidão e o bloqueio nas ruas dificultaram a ida dela para o hospital a tempo de salvar sua vida.

Charleston Hartfield, 34 anos

Oficial de polícia de Las Vegas, Hartfield era casado, tinha dois filhos e era treinador de futebol, segundo família e amigos. Ele havia mudado a foto de capa de sua página no Facebook para uma imagem do festival em que estava no domingo horas antes do ataque.

Jennifer Irvine, 42 anos

De acordo com o amigo Kyle Kraska, Jennifer foi com alguns colegas ao festival. “Eles estavam de mãos dadas, dançando e cantando”, disse. Quando os tiros começaram, todos se jogaram chão e alguns amigos perceberam que Jennifer não se mexia. Ela havia sido baleada na cabeça. Kraska afirmou que sentiu certo conforto por saber que sua amiga provavelmente morreu instantaneamente, sem medo ou dor.

Rhonda LeRocque, 42 anos

Rhonda e seu marido, Jason, decidiram de última hora que iriam ao festival de música country e levaram a filha de 6 anos, Aliyah. Agora, a família está de luto pela mulher que “era tudo para todos”, disse a tia de Rhonda, Gloria Murdock.

John Phippen, 57 anos

De acordo com o melhor amigo de Phippen, ele amava música e foi ao festival com seu filho, Travis. Colegas relataram que ele pulou em cima de Travis quando os tiros começaram a ser disparados e salvou a vida dele.

Quinton Robbins, 20 anos

Segundo a avó de Robbins, quando ele tocou seu peito, a namorada pensou que algo estava errado com o nível de açúcar em seu sangue, pois ela sabia que ele tinha diabetes. Somente depois ela percebeu que ele havia sido baleado. Robbins amava pesca e música country.

Bailey Schweitzer, 20 anos

Na sexta-feira, ela dirigiu até Las Vegas para passar o fim de semana e quis ficar até o último show, uma apresentação de Jason Aldean.

Neysa Tonks, 46 anos

Grande fã de Jason Aldean, ela foi ao festival com seu namorado, que foi ferido e recebeu tratamento em um hospital. Na confusão, o casal acabou se separando e ele ficou com os documentos de Neysa. / NYT e WPOST

Mais conteúdo sobre:

Estados UnidosLas Vegasataque armado