Christian Palma / AP
Christian Palma / AP

A cinco dias das eleições, mais de 11 mil cédulas de votação são roubadas durante assalto no México

Instituto Nacional Eleitoral já solicitou a impressão de novos papéis e reforçou as medidas de segurança para a entrega de material eleitoral

O Estado de S.Paulo

26 de junho de 2018 | 08h05

CIDADE DO MÉXICO - Mais de 11 mil cédulas de votação foram roubadas na segunda-feira, 25, no México durante um assalto armado no Estado de Tabasco, informou a unidade regional do Instituto Nacional Eleitoral (INE), a apenas cinco dias das eleições.

+ Favorito no México prega austeridade e fim da corrupção

+ O enigma de López Obrador

"Cinco pacotes eleitorais com 11.025 cédulas foram roubados de maneira violenta dos funcionários do INE no Estado de Tabasco por homens armados em uma estrada do município de Macuspana", segundo um comunicado da instituição.

+ Preocupações com a eleição interrompem caso de suborno no México

+ Esquerda amplia vantagem no México em eleição marcada pela corrupção

As cédulas roubadas eram destinadas às eleições para cargos locais e federais, indicou o INE, que já solicitou a impressão de novos papéis e reforçou as medidas de segurança para a entrega de material eleitoral.

O México realizará no domingo eleições presidenciais para renovar o Congresso e eleger outros 18 mil representantes estaduais e municipais. O processo eleitoral bateu o recorde de violência, com mais de 100 políticos e candidatos assassinados. / AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.