AFP PHOTO / JAVIER SORIANO
AFP PHOTO / JAVIER SORIANO

Rajoy descarta reunião com Puigdemont após eleição catalã

Três partidos independentistas têm os números necessários para formar governo, apesar de legenda pró-Espanha ter sido a mais votada

O Estado de S.Paulo

22 Dezembro 2017 | 11h58

BARCELONA, ESPANHA - O primeiro-ministro espanhol, Mariano Rajoy, recusou nesta sexta-feira, 22, reunir-se com o líder destituído da Catalunha, Carles Puigdemont, após os partidos separatistas catalães terem obtido maioria na eleição regional da quinta-feira

+ Coalizão estuda mudar tática contra Madri

“Me reunirei com a vencedora da eleição, a senhora Arrimadas”, disse Rajoy , em referência à líder do Ciudadanos, partido centrista anti-independência, que apesar de ter vencido a eleição, não tem maioria para formar governo, diferentemente dos separatistas.

Com 99% dos votos apurados, as três legendas secessionistas somaram 70 cadeiras, 2 mais que as 68 necessárias para alcançar a maioria no Parlamento, que tem 135 assentos. O Ciudadanos foi o mais votado, com 25,5% dos votos válidos, e conseguiu eleger 37 deputados. 

Com isso, em teoria, Puigdemont poderia reivindicar o direito de liderar uma coalizão governamental e retornar ao poder. Mas o ex-governador está abrigado em Bruxelas, na Bélgica, desde que o primeiro-ministro da Espanha, Mariano Rajoy, anunciou a ativação do Artigo 155 da Constituição, destituindo seu governo, dissolvendo o Parlamento regional e convocando eleições antecipadas. A medida foi tomada após os deputados separatistas fazerem uma declaração unilateral de independência em 27 de outubro.

Processado pela Justiça por crimes de rebelião e desvio de verbas públicas, Puigdemont tem contra si um mandado de prisão em vigor em solo espanhol e comandou a campanha de seu partido a distância, sem jamais realizar um comício em Barcelona ou no interior da Catalunha. / AFP, COM ANDREI NETTO, ENVIADO ESPECIAL A BARCELONA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.