Gretchen Erti/Reuters
Gretchen Erti/Reuters

Amy Klobuchar abandona corrida democrata nas eleições dos EUA

Senadora planeja apoiar Joe Biden, afirmam fontes; decisão foi anunciada um dia antes da Superterça

Redação, O Estado de S.Paulo

02 de março de 2020 | 16h35

WASHINGTON - A senadora norte-americana Amy Klobuchar anunciou nesta segunda-feira, 2, sua retirada da disputa pela indicação democrata.

A decisão foi anunciada um dia antes da Superterça, um dos momentos mais importantes da corrida democrata, e se soma à do ex-prefeito de South Bend Pete Buttigieg, que retirou sua candidatura no último domingo, 1. 

Senadora veterana de Minnesota que alcançou um terceiro lugar nas primárias de New Hampshire, Klobuchar não conseguiu reunir o voto dos moderados com sua mensagem de pragmatismo e capacidade de se conectar com os eleitores do meio-oeste do país.

Klobuchar e Buttigieg disputavam votos da ala moderada. Com a saída dos dois, o ex vice-presidente Joe Biden tende a se fortalecer na disputa. Há expectativa de que a senadora acompanhe Biden em um evento de campanha nesta segunda-feira em Dallas e declare apoio a sua candidatura, afirmou uma fonte próxima ao NYT.

O candidato moderado deve enfrentar diretamente o senador Bernie Sanders, atual favorito nas pesquisas. 

A chamada Superterça sempre foi uma data crucial para consolidação ou colapso de campanhas, mas este ano ganhou ainda mais peso ao incluir entre os estados que votam a Califórnia, o território mais populoso do país e de maioria democrata. 

Juntamente com a Califórnia, outros estados importantes votarão nesta terça-feira, como Texas, Colorado, Carolina do Norte e Virgínia. Completam a lista Alabama, Arkansas, Maine, Massachusetts, Minnesota, Oklahoma, Tennessee, Utah, Vermont e o território de Samoa Americana. /EFE e NYT

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.